Olá amigos do AeDicas.com, hoje vamos falar sobre a suavização dos movimentos no AE. Aliás, não iremos falar apenas sobre isso, vamos conhecer uma expressão que descobri a pouco tempo e que pode ser muito útil para deixar alguns movimentos mais suaves no AE.

Antes de ver como utilizar essa expressão, vamos aprender algumas maneiras de deixar a entrada dos elementos na composição ainda melhor. Vou deixar o projeto desse tutorial aqui para que vocês possam acompanhar melhor as dicas deste artigo. Vamos lá?

Download do projeto

Download ProjetoAfter Effects CS5

 

Diferença entre Easy Ease (F9) e Linear no AE (O Básico)

Como é possível ver no exemplo abaixo, temos o Texto ‘AeDicas’ entrando na tela. Na parte esquerda na tela o texto entra numa velocidade decrescente, desacelerando num movimento mais orgânico e suave. Enquanto isso, na direita vemos que o texto vem numa velocidade constante e pára bruscamente, como se tivesse colidido com algum outro objeto.

 

Os movimentos são iguais, tem as mesmas posições inicial e final e o mesmo tempo, 15 frames. Essa diferença no visual das composições acontece porque usamos um tipo diferente de interpolação entre os movimentos. No primeiro é utilizado o método Easy Ease (F9), segundo é o Linear (padrão dos keyframes). Veja a diferença na Timeline.

 

Para aplicar o Easy Ease basta fazer o seguinte clicando com o botão direito nos keyframes selecionados ou apenas selecionar os keyframes desejados e apertar a tecla F9.

 

 Fazendo ajustes com o Graph Editor

Praticamente todos vocês sabem usar o F9, por isso não posso deixar de mostrar outras maneiras de suavizar os movimentos no After Effects. Então, vamos conhecer outro método para suavizar os movimentos. Este Método é o Graph Editor.

 

Como vimos o F9 consegue deixar as composições com os movimentos muito mais orgânicos, mais suaves e menos bruscos. Porém, algumas animações isso não basta. Vejam só:

 

Conseguiu perceber a diferença? No primeiro vídeo usei apenas o F9, já no segundo usei o F9 mas ajustei as curvas do Graph Editor. Repare que os valores das animações são os mesmos.

Para ativar o Graph Editor e ver as curvas de velocidade dos keyframes ao invés da forma tradicional basta clicar no ícone do Graph Editor na Timeline.

 

Agora selecionando uma das propriedades, no meu caso a Position você verá as curvas do Position no Gráfico.

Vamos ajustar essas curvas para deixar a animação como a do exemplo. Para isso, basta clicar em um dos quadradinhos (ou keyframes) da Timeline e você verá uma linha amarela com duas pequenas bolas nas pontas, clique e arraste até um pouco menos que o meio entre os keyframes.

 

Faça o mesmo com a outra ponta da linha deste keyframe.

Agora ajuste as curvas dos keyframes das estremidades para que as bolinhas fiquem próximas do keyframe e o Gráfico fique mais ou menos como a imagem abaixo.

 

Está pronto! Agora faça um preview e veja como ficou a animação, se precisar faça mais alguns ajustes para ficar ainda melhor. Perceba que agora demos algum sentido ao movimento, como se o Texto estivesse num carrinho de montanha-russa, subindo e descendo de forma orgânica.

 

A ajuda de expressões na hora de deixar os movimentos orgânicos

Agora pra terminar, vamos conhecer uma expressão que descobri recentemente. Ela ajusta o movimento para deixá-lo muito mais agradável aos olhos. Na verdade, são duas expressões diferentes, uma pode ser aplicada no Position e a outra, nas X, Y e Z Rotation da layer desejada. No exemplo abaixo, vemos a expressão funcionando no Rotation e no Position no caso da Logo do Blog.

 

Como se vê essa expressão oferece um movimento orgânico, como se o texto fosse uma espécie de elástico. Para aplicar a expressão, vamos fazer uma animação no X Rotation com o Texto, o primeiro keyframe com 90º e o segundo keyframe em 0º, o espaço entre eles pode ser de 6 frames.

 

Agora segure ALT e clique no Stopwatch (Cronômetro) do X Rotation e inserir a seguinte expressão (Copie e Cole)


//applyTo: rotation
// Inertial Easing (elastically reacts to the speed at which it was animated)
n = 0;
if (numKeys > 0) {
n = nearestKey(time).index;
if (key(n).time > time){
n--;
}
}
if (n == 0) {
t = 0;
} else {
t = time - key(n).time;
}
if (n > 0){
v = velocityAtTime(key(n).time - thisComp.frameDuration/10);
amp = 8;
freq = 2.0;
decay = 3.0;
value + (v/100)*amp*Math.sin(freq*t*2*Math.PI)/Math.exp(decay*t);
}else{
value;
}

Pronto, veja que o movimento de rotação fica muito bacana, como se fosse um elástico. No caso do Position é a mesma coisa, porém a expressão é diferente, anote aí:


//applyTo: position
 // Inertial Easing (elastically reacts to the speed at which it was animated)
 n = 0;
 if (numKeys > 0){
 n = nearestKey(time).index;
 if (key(n).time > time){
 n--;
 }
 }
 if (n == 0){
 t = 0;
 }else{
 t = time - key(n).time;
 }
 if (n > 0){
 v = velocityAtTime(key(n).time - thisComp.frameDuration/10);
 amp = .02;
 freq = 3.0;
 decay = 5.0;
 value + v*amp*Math.sin(freq*t*2*Math.PI)/Math.exp(decay*t);
 }else{
 value;
 }

Para aproveitar ainda mais

Pronto, essas foram algumas dicas para deixar os movimentos de suas composições ainda melhores, experimente trabalhar com o Graph Editor e ajustar diferentes tipos de movimento com ele. Se você conhece um pouco de expressões, tente usar um slider control para controlar os valores de amp e freq.

 

  • O conteúdo do post foi útil para você?
  • Você já conhecia essas técnicas?
  • Conte-nos como foi aprender esses truques do AE.
  • Comente.

 

Grande Abraço e ótimas ideias a todos.

Adriano Dorow Darosi

Publicitário, Editor, Motion Designer, fundador do AEdicas e namorado de uma professora universitária.

View all posts

39 comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estude After Effects

curso_motion_001

Assista nossos tutoriais e tenha ótimas ideias!

curva_script

x_particles

Nossos Amigos!

Banner_Oeditor

AEdicas no Vimeo

Acompanhe as novidades do AEdicas